Postado em 27 de janeiro de 2015, às 13:25.

Heraldo Rocha: “Solla está com dor de marido traído por causa do fim das Dires”

Heraldo Rocha

Heraldo Rocha

“O ex-secretário de saúde Jorge Solla parece estar com dor de marido traído, por causa do desemprego de seus apaniguados com a extinção das Dires na reforma feita pelo governador Rui Costa”, observa o presidente municipal do Democratas, Heraldo Rocha.

Para o líder oposicionista, em vez de ficar criando picuinha com o novo secretário estadual de saúde Fábio Villas-Boas, o ex deveria era explicar a herança maldita que legou a seu sucessor. “O Ministério da Saúde divulgou redução de leitos na Bahia de 2010 para 2014, Dr. Solla”.

No período, com base em dados do Ministério da Saúde, Heraldo Rocha informa a perda de 470 leitos de internação no estado. “Esses são os números oficiais. O que se vê são as deploráveis situações do Dantas Bião, em Alagoinhas, e do Hospital de Base, em Vitória da Conquista”.

O caos da saúde pública na Bahia, segundo Rocha, é consequência da péssima gestão de Solla. “Os hospitais das Santas Casas estão fechando no interior. O Roberto Santos está em crise. E o ex deixou o cargo sem fazer o devido repasse dos recursos às prefeituras”.

Heraldo assinala que não será fácil a missão do novo secretário Fábio Villas-Boas. “Ele vai ter que descascar o amargo abacaxi deixado por Solla na saúde e ainda ter que conviver com o fogo amigo, afinal o ex hoje é deputado federal pelo mesmo partido do governador”.

Postado em 23 de janeiro de 2015, às 18:40.

Aleluia: “Maldades de Dilma cortam empregos, saúde e educação”

Aleluia - Espanha“Aumentar impostos é tirar dinheiro do povo para botar numa burocracia ineficiente, cujo objetivo é dar empregos aos aliados”, afirma o deputado federal e presidente estadual do Democratas, José Carlos Aleluia, sobre as medidas da presidente Dilma Rousseff de aumentar o IOF (imposto sobre operação financeira) para empréstimos a pessoas físicas, reinstituir a Cide, que afeta diretamente o preço dos combustíveis, e não reajustar a tabela do Imposto de Renda.

Para Aleluia, que se encontra na Espanha, participando da Convenção Nacional do Partido Popular Espanhol, em Madrid, as maldades perpetradas por Dilma neste primeiro mês do segundo mandato, ao invés dos desperdícios, estão cortando empregos, saúde, educação e segurança. “A Federação das Indústrias da Bahia (Fieb) já alerta na imprensa que as medidas presidenciais ameaçam oito mil empregos no Nordeste”.

O presidente estadual do Democratas observa ainda que, na Bahia, o novo governador Rui Costa reforça as maldades da presidente ao cortar investimentos na saúde e educação no orçamento. “A segurança é outro setor que merece atenção especial pela sua vinculação com a vida das pessoas, mas continua desprezado pelo governo do PT”.

Na Espanha, Aleluia pôde conversar com representantes do Partido Popular sobre a reforma do Código Civil daquele país. “Depois da reforma aprovada, o Código Penal espanhol ficou mais rigoroso com os criminosos. Foi reinstituída a prisão perpétua. No Congresso brasileiro, eu vou trabalhar também pelo endurecimento do Código Penal. Tolerância Zero contra o crime”.

Postado em 22 de janeiro de 2015, às 15:21.

Tinoco denuncia corte de verbas estaduais a entidades carnavalescas

Claudio Tinoco denuncia corte de verbas estaduais a entidades carnavalescasO vereador Claudio Tinoco (Democratas) denunciou, na tarde desta quinta-feira (22), o corte de verbas estaduais para patrocínio e incentivo a entidades carnavalescas e projetos especiais tradicionais. “Fui procurado por representantes de diversas entidades que tiveram redução dos repasses ou pedidos negados pela Secretaria Estadual de Cultura”.

De acordo com o vice-presidente da Comissão Especial do Carnaval na de Câmara Municipal de Salvador, a justificativa apresentada é a falta de documentos ou restrição orçamentária. “Exigimos uma explicação convincente do governo do Estado. Perece-me excesso burocrático, pois entidades que, por ventura, estavam com documentação incompleta poderiam ter seus prazos prorrogados para sanear tais pendências. Afinal, essas entidades não têm caráter empresarial e profissional. Não quero acreditar que na Secult esteja havendo discriminação, por exemplo, ao Festival Palco do Rock, que ocorre há mais de 20 anos e é um dos espaços alternativos mais importantes no Carnaval de Salvador, com público fiel, atraindo bandas nacionais e internacionais para a Bahia”, ressalta.

Segundo Tinoco, a Prefeitura já garantiu, como todos os últimos anos, a infraestrutura de palco, camarim, sonorização e iluminação para a realização do Festival Palco do Rock. “No momento em que a Prefeitura isenta e reduz taxas e impostos das entidades, como medida de mitigação da crise econômica que vivemos, não podemos aceitar que o governo do Estado corte verbas e comprometa a maior festa de rua do planeta. Acredito na sensibilidade do novo secretário estadual de Cultura, Jorge Portugal, e na revisão de tais decisões pelo governador Rui Costa”, completa o democrata.

Postado em 22 de janeiro de 2015, às 15:05.

Presidente do Democratas diz que Luiz Caetano foi preconceituoso com os autistas

Helder 1O presidente do Democratas de Camaçari, Helder Almeida, disse nesta quinta-feira (22) que o deputado federal eleito Luiz Caetano agiu de forma “preconceituosa” ao afirmar que Ademar Delgado faz uma administração autista à frente da Prefeitura de Camaçari e que o gestor “vive em um mundo diferente”. “Luiz Caetano, com esta declaração infeliz, que reflete a sua falta de conhecimento e de educação, atingiu a todas as pessoas com deficiência no Brasil, em especial os autistas”, afirmou Helder Almeida. De acordo com o presidente do Democratas, Luiz Caetano deveria ter a humildade de pedir desculpas publicamente pelas declarações. “Como nunca respeitou nada, a não ser seus interesses, Luiz Caetano não vaio se desculpar, mas ele precisa saber que a doença (autismo) atinge uma em cada 110 crianças no Brasil e a estimativa é que nosso país tenha cerca de 2 milhões de autistas”, concluiu Hélder Almeida.

Postado em 22 de janeiro de 2015, às 14:52.

Sandro Régis diz que Rui Costa inaugura governo com fisiologismo

Sandro RegisO líder da oposição na Assembleia Legislativa, Sandro Régis (Democratas), lamentou a forma anti-democrática com que o governador Rui Costa (PT) agiu com a secretária de Agricultura, Fernanda Mendonça, nomeada há 20 dias, mas que será demitida por mera questão política, já que foi indicada por Félix Mendonça Jr, presidente do PDT, partido que decidiu manter-se aliado ao governo de ACM Neto. Régis lembrou que Fernanda Mendonça foi anunciada como um quadro competente e capacitado para gerir uma das áreas mais estratégicas do estado e agora será dispensada sem qualquer critério técnico que justifique esse ato. ” O que fica claro é o fisiologismo do PT que está mais preocupado com as eleições de 2016 do que com o desenvolvimento do estado”, reforçou o democrata, criticando os critérios políticos do governador, sobretudo por tratar-se de um setor considerado de extrema importância para a economia do estado e que representa nada menos que 24% do PIB e cerca de 30% dos empregos da Bahia. ” Enquanto o prefeito ACM Neto se preocupa em administrar e tornar Salvador numa cidade cada vez melhor, Rui Costa só pensa em antecipar as eleições de 2016″ disparou.