Postado em 25 de julho de 2014, às 20:35.

Paulo Souto: “Vamos dar um basta na violência do Baixo Sul”

unnamed“Com tantas belezas e riquezas naturais, o Baixo Sul é uma região abençoada por Deus. Seu povo, que sempre foi alegre e hospitaleiro, não merece viver no inferno da violência desenfreada que invadiu as cidades e a zona rural nestes últimos sete anos e meio. Vamos dar um basta nisto!”, afirmou o candidato a governador, Paulo Souto, da coligação “Unidos pela Bahia”, ao lado dos companheiros de chapa, Joaci Góes (vice), e Geddel Vieira Lima (senador), nesta sexta-feira, dia 25.

O sentimento de esperança de dias melhores da população do Baixo Sul era manifestado em acenos e gestos esfuziantes e entusiasmados por onde passava a carreata da chapa majoritária oposicionista. O cortejo motorizado partiu de Camamu, no final da manhã, e seguiu por Ituberá, Nilo Peçanha, Taperoá e Valença.

Em cada uma dessas cidades, a comitiva da oposição, composta também pelos candidatos a deputado federal, José Carlos Aleluia, Cláudio Cajado e Hildécio Meireles, e estadual, Heraldo Rocha e Sandro Régis, fazia um corpo a corpo e realizava comícios, transmitindo a mensagem da nova Bahia.

Paulo Souto garantiu que a segurança pública será uma prioridade em sua administração. “Se eleito, vou restabelecer a confiança entre o governo e a polícia. Aumentar e distribuir melhor o contingente policial. Além de investir em tecnologia e inteligência para combatermos com eficiência a criminalidade em todo o estado. A paz vai voltar à Bahia”, disse.

Geddel reiterou a determinação da chapa em trazer de volta a tranquilidade aos baianos. Criticou o caos da saúde pública e o maltrato sofrido pela população, quando depende de um internamento hospitalar e tem que se submeter à roleta russa da regulação, onde a sorte decide quem vive e quem morre.

Paulo Souto anunciou que os centros regionais de assistência à saúde, que pretende implantar, no caso de eleito, vão acabar com o martírio de os pacientes permanecerem meses esperando por consultas e realização de exames. “Vamos trabalhar para que as pessoas tenham um atendimento digno”.

A infraestrutura da região não foi esquecida pelo candidato a governador. Ele se comprometeu a recuperar o trecho da BA-001, que vai de Nazaré a Valença, além de estudar a viabilidade de fazer contornos rodoviários nas cidades cortadas pela rodovia. Também prometeu esforços na recuperação da estrada que liga Ituberá a Piraí.

Paulo Souto revelou estar em seus planos ainda um programa de apoio aos pequenos produtores agrícolas do Baixo Sul. “Desejamos promover a requalificação urbana da orla de Camamu e desenvolver ações que fortaleçam o turismo nesta região de grande potencial”.

Postado em 25 de julho de 2014, às 13:57.

Agenda – Paulo Souto

26/07/2014 – SÁBADO

O candidato a governador, Paulo Souto, da coligação “Unidos pela Bahia”, se reúne com equipe de comunicação da campanha na manhã deste sábado (26). Pela tarde, viaja para Caetité, onde participa da festa da padroeira Senhora Santana. À noite, Souto faz comício em Caculé.

27/07/2014 – DOMINGO

O candidato a governador, Paulo Souto, da coligação “Unidos pela Bahia”, participa de encontro no Cine Teatro Rio Branco, em Nazaré das Farinhas, às 10h30min. À tarde, ele vai à tradicional Festa de Nossa Senhora de Santana, em Cansanção.

28/07/2014 – SEGUNDA-FEIRA

O candidato a governador, Paulo Souto, da coligação “Unidos pela Bahia”, vai a Gandu, onde, às 10 horas, recebe o título de cidadão da cidade. Pela tarde, ele se reúne com equipe de campanha.

Postado em 24 de julho de 2014, às 22:57.

Insatisfação com governo faz base migrar para oposição

Insatisfação com governo faz base migrar para oposiçãoA semana foi movimentada no escritório da chapa majoritária da coligação Unidos pela Bahia, em Salvador. Políticos e lideranças dos quatro cantos do estado e dos mais variados partidos, inclusive da base governista, manifestaram apoio às candidaturas de Paulo Souto, a governador, Joaci Góes, vice, e Geddel Vieira Lima a senador. Nesta sexta-feira (25), o trio oposicionista bota o pé na estrada. O destino é a região do Baixo Sul, onde se encontra com as populações de Camamu, Igrapiúna, Ituberá, Nilo Peçanha, Taperoá e Valença.

Ainda, em Salvador, na quarta-feira (23), a vice-prefeita de Belmonte, Carla Xavier, do PDT, legenda da base do governo, manifestou a insatisfação geral com o governo petista: “O PT acabou com a Bahia e com o Brasil. E as pessoas querem mudança. Souto merece meu apoio porque ele é o melhor. Ele não é um novato ou um aventureiro. O trabalho dele a gente conhece. As pesquisas já mostram a preferência dos baianos por Paulo Souto”.

Representantes de Heliópolis ressaltaram a importância da vitória de Paulo Souto nas eleições deste ano. “Heliópolis se incorporou ao novo momento pelo qual a Bahia passa e quer mudança. Nosso povo está com sede de gestão. Não temos recebido ajuda do governo estadual na área da saúde, e a segurança pública não vai bem”, lamentou o vice-prefeito José Gama Neves, acompanhado do presidente estadual do Democratas, José Carlos Aleluia, do deputado estadual Sandro Régis, do vereador Valdelício (PSD) e de lideranças comunitárias de Heliópolis.

Para o vice-prefeito de Santa Luzia, Téo Barbosa (PSD), Paulo Souto, quando governador, sempre deu assistência à população do sul da Bahia. “Souto foi muito atencioso e presente em nossa região, enquanto Wagner e Rui sequer aparecem por lá. Eu tenho esperança em dias melhores para o nosso povo, com mais segurança para as famílias e oportunidade de emprego para os jovens”, afirmou Téo, ao lado das vice-prefeitas de Almadina, Zelma (PP), e de Canavieiras, Dra. Terezinha (PSDB).

O ex-prefeito de Canavieiras, Zairo Loureiro (Democratas), reafirmou apoio às candidaturas de Paulo Souto e Geddel. “Essa chapa representa o progresso. Souto e Geddel têm compromisso com a Bahia. E os baianos só têm a ganhar com essa união, de dois homens sérios, que trabalham pelo povo e que não irão dar as costas ao Sul do estado”, disse o ex-prefeito, com o assentimento do vereador José Costa Guimarães e das lideranças Carlos Alberto Medrado Filho e Tiago Medrado.Insatisfação com governo faz base migrar para oposição

Insatisfação com governo faz base migrar para oposição

Postado em 24 de julho de 2014, às 18:08.

Agenda – Paulo Souto

25/07/2014 – SEXTA-FEIRA

O candidato a governador, Paulo Souto (Democratas), da coligação “Unidos pela Bahia”, vai ao Baixo Sul e visita as cidades de Camamu, Igrapiúna, Ituberá, Nilo Peçanha, Taperoá e Valença nesta sexta-feira (25).

Postado em 23 de julho de 2014, às 23:17.

Paulo Souto lidera pesquisa e inaugura comitê

Paulo Souto lidera pesquisa e inaugura comitê“Não vamos baixar o nível e transformar a inauguração do nosso comitê em um espetáculo de falta de compostura política, falta de educação e ataques gratuitos, como eles fizeram no deles, na semana passada”, disse o candidato a governador, Paulo Souto, em seu discurso, durante a inauguração do comitê da chapa majoritária da coligação “Unidos pela Bahia”, na noite desta quarta-feira (23).

Para Souto, a disputa política deve se dar na discussão de propostas e ideias. Ele avaliou a pesquisa Ibope/TV Bahia, divulgada nesta quarta, na qual desponta com 42% das intenções de voto, seguido de Lídice da Mata, com 11%, e Rui Costa, com 8%. “A sondagem evidencia, pelo baixo desempenho alcançado, que o candidato petista, escolhido de forma autoritária pelo governador, não tem a aprovação da Bahia. Não adiantou a propaganda exagerada, nem a ameaça aos prefeitos para apoiá-lo, muito menos o uso da máquina pública”.

O candidato a governador assinalou que o resultado de sete anos e meio de gestão petista é a violência desenfreada, com o assassinato de quase 37 mil baianos, a desatenção total com a saúde da população e a péssima qualidade da educação. “Depois desse tempo todo, eles não realizaram nada que o povo precisa. Agora, fica mais difícil de acreditar nas promessas impossíveis que fizeram porque as pessoas já conhecem a política ardilosa do PT”, afirmou, garantindo que, se eleito, vai trabalhar arduamente para elevar a qualidade dos serviços públicos diretamente ligados à vida dos baianos, como saúde, segurança e educação.

O prefeito ACM Neto abriu seu discurso logo dizendo que aquele era o comitê da vitória de Paulo Souto, governador, Geddel, senador, e Aécio Neves, presidente da República. Ao falar sobre a pesquisa do Ibope, ele disse que o resultado refletia a vibração e o entusiasmo que tem sentido nas ruas de Salvador e nas cidades do interior que tem visitado. “Essa pesquisa nos anima a continuar trabalhando, porque a vitória só poderá ser comemorada depois da abertura das urnas. É preciso ter humildade de saber que cada voto será fundamental para a construção do futuro da Bahia”.

O resultado da pesquisa, segundo Geddel, confirmou uma previsão feita por ele ainda na pré-campanha. “Eu havia dito que, na medida em que o candidato do governo passasse a ser conhecido, ele cairia. Isso porque a população iria entender que ele é sócio e cúmplice da falência da segurança pública e da regulação da saúde. Ele também é responsável pelo estado não ter construído uma barragem nos últimos anos”.

Para o candidato a senador, o postulante petista tende a continuar em ritmo de queda. “Temos mais 60 dias pela frente até as eleições. E, quanto mais conhecido ele for, mais cairá, podendo acabar a eleição com apenas 5%”, ironizou. Na pesquisa Ibope, divulgada hoje, Geddel aparece com 34% das intenções de voto, o dobro de Otto Alencar (PSD), que ficou com 17%.

No clima de euforia que tomava conta dos políticos, militantes, lideranças e populares, presentes na inauguração do comitê, o prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo, destacou a incapacidade de o adversário petista atingir a marca de dois dígitos nas intenções de voto, caindo ainda um ponto percentual nesta última sondagem eleitoral. “A eloquência dos números da pesquisa do Ibope falam por si”, afirmou o presidente estadual do Democratas, José Carlos Aleluia.