Postado em 4 de março de 2015, às 20:40.

Paulo Azi toma posse em três Comissões da Câmara

Paulo Azi toma posse em três Comissões da CâmaraIndicado pelo seu partido, o Democratas, o deputado Paulo Azi tornou-se, nesta quarta-feira, 04, membro titular de três comissões permanentes da Câmara dos Deputados: a de Minas e Energia, a de Defesa do Consumidor e a de Finanças e Tributação. Ainda na manhã desta quarta, o parlamentar baiano participou no plenário da Câmara de reunião da Comissão Geral com o Ministro das Minas e Energia, Eduardo Braga, e disse que se espantou com o fato de o ministro ter admitido a possibilidade de colapso iminente no sistema, se nada for feito rapidamente. “Entendo que as crises hídrica e energética que assolam o país não serão resolvidas apenas com o aumento de tarifas, penalizando ainda mais a população. É preciso mais competência de gestão, a busca de novas matrizes energéticas, identificação de gargalos e rápida ação federal em suporte às iniciativas dos governos estaduais e não apenas ameaçar com racionamento, como fez o ministro,” criticou Paulo Azi.

Com relação ao seu trabalho na Comissão de Defesa do Consumidor, Paulo Azi – que presidiu a CPI da Telefonia na Assembleia Legislativa da Bahia, com resultados positivos para a população – disse que será ofensivo no sentido de assegurar os direitos e conquistas dos consumidores brasileiros. Ele destacou ainda que na Comissão de Finanças irá envidar esforços para que os projetos que passem por sua apreciação estejam adequados à peça orçamentária aprovada. ” O nosso papel é o de assegurar recursos para a implementação de proposições que beneficiem e atendam aos anseios da população brasileira”, falou.

Postado em 4 de março de 2015, às 17:16.

Aleluia: “A Mãe dos Ricos vai excluir um milhão de famílias baianas da tarifa social de energia”

Aleluia - 19.02.2015“A Mãe dos Ricos, a presidente Dilma Rousseff, está tirando de um milhão de famílias carentes da Bahia o benefício da tarifa social de energia para cobrir o rombo causado nas finanças do governo federal pela sua desastrada gestão”, denunciou o deputado federal José Carlos Aleluia (Democratas-BA), em sessão plenária para discussão da crise hídrica no País, que contou com a participação do ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, na Câmara Federal, nesta quarta-feira (04).

Ao todo cinco milhões de famílias brasileiras estão ameaçadas de perder o benefício social que concede, de acordo com a diminuição do consumo, desconto progressivo sobre a tarifa de energia aos inscritos no Cadastro Único e no Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social. A exclusão se dará a partir do enxugamento do cadastro do programa pelo governo federal, que pretende reduzir os beneficiários em 38%, caindo de 13,1 milhões de famílias para 7,1 milhões. Estima-se que a economia com o corte seria da ordem de R$ 600 milhões.

“Os baianos menos favorecidos que tantos votos deram à Mãe dos Ricos vão sentir o sabor amargo da ingratidão dela”, diz Aleluia. Para ele, a presidente Dilma é tão insensível e ingrata que sequer fez um corte proporcional à relação da população dos estados com a do país. “A Bahia, por exemplo, é onde haverá o maior número de famílias excluídas do programa social, criado por mim no governo do presidente Fernando Henrique. A Bahia vai participar com 20% do total de excluídos, quando a população do estado não corresponde a 10% com relação a do país”.

Aleluia aproveitou o encontro com o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, para cobrar dele publicamente uma posição do governo federal quanto ao risco de fechamento das indústrias de base do Nordeste por causa da não renovação do contrato de fornecimento de energia com a Chesf. “Em um dos seus surtos de maldade, a Mãe dos Ricos vetou uma emenda aprovada no Congresso Nacional que possibilitaria a prorrogação dos contratos das indústrias de base do Nordeste com a Chesf até 2042.Se esses contratos não forem renovados, mais de 145 mil nordestinos perderam seus empregos”.

Postado em 4 de março de 2015, às 16:14.

Pablo Barrozo critica abandono das estradas baianas

Pablo Barroso preside primeira reunião da Comissão de AgriculturaO deputado estadual Pablo Barrozo (Democratas) aproveitou a manifestação que fechou a BR-349 nas últimas 48 horas para responsabilizar o governo estadual pela péssima qualidade de muitas rodovias que cortam a Bahia. “Ninguém consegue trafegar por alguns trechos da rodovia porque, simplesmente, o governo estadual não realiza obras de manutenção na pista”, afirmou o parlamentar.

Desde a noite da última segunda-feira, moradores de Itapicuru, na região Nordeste do estado, têm bloqueado parte da pista para denunciar as péssimas condições da BA-349. As vias de acesso ás cidades de Olindina e Rio real também foram fechadas nas manifestações. Na opinião do deputado Pablo Barrozo, o governo estadual precisa priorizar a conservação das rodovias. “Além da segurança para motoristas e passageiros, uma estrada bem conservada significa progresso e desenvolvimento para o nosso Estado”, disse Pablo Barrozo.

Postado em 4 de março de 2015, às 16:05.

NOTA DE APOIO AO MOVIMENTO BRASIL LIVRE

Juventude DemocratasA Juventude Democratas Bahia vem, por meio desta nota, tornar público seu posicionamento de apoio ao Movimento Brasil Livre, que irá realizar uma grande mobilização em todos os estados brasileiros, no dia 15 de março, pedindo o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

Nossa juventude compreende que o impeachment é um processo político legitimo e um instrumento jurídico previsto em constituição.  Desta forma, não iremos nos furtar desse momento importante da agenda nacional. É importante ressaltar que respeitamos a vontade soberana do povo, mas não iremos nos omitir na defesa de nosso estado e tudo aquilo que acreditamos.

O governo Lula/Dilma (PT) está completamente mergulhado nos mares da corrupção. Na gestão Lula foi o Mensalão: pagamento em dinheiro aos políticos que aderiam à base de apoio ao governo. Na gestão Dilma, foi dada continuidade ao arrendamento dos Ministérios: dando aos partidos políticos autonomia para fazer e desfazer no órgão; inclusive autonomia para corromper. As estatais, a exemplo da Petrobrás, se tornaram alvo deste governo corrupto e desastroso, como está sendo comprovado pela Operação Lava Jato.

Além dos casos acima citados, o atual governo está devolvendo ao povo brasileiro o sentimento de insegurança social e econômica. Durante a campanha presidencial a candidata, Dilma Rousseff, vendeu sonho e entregou pesadelo. O maior estelionato eleitoral da história da nossa jovem democracia.

Em apenas dois meses do novo mandato a população brasileira já não tem dúvidas: nós fomos enganados! Aumento dos combustíveis, da energia, dos impostos, perdas trabalhistas, apagão, corte na educação, na saúde, no Programa de Aceleração do Crescimento – PAC, retorno da inflação, retorno da Contribuição para Intervenção no Domínio Econômico – CIDE, corte nos programas sociais, exclusão do Minha Casa Melhor, corrupção endêmica, são alguns dos exemplos do desastre que representa o governo petista.

Como bem disse o ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, após impeachment do ex-presidente e companheiro Fernando Collor de Melo: “O povo brasileiro pela primeira vez deu uma demonstração que é possível o mesmo povo que elege um político, destituir esse político. Eu peço a Deus que nunca mais o povo brasileiro esqueça essa lição.”

Por fim, nós, jovens Democratas, não esquecemos essa lição. Convocamos toda nossa juventude e simpatizantes a participarem desse movimento. Vamos realizar o bom combate e continuar na luta pela mudança que desejamos ao nosso país.

Bruno Alves

Presidente da Juventude Democratas Bahia

Postado em 4 de março de 2015, às 09:59.

Comissão de Finanças solicita preferência na votação de contas da gestão do ex-prefeito João Henrique

Comissão de Finanças solicita preferência na votação de contas da gestão do ex-prefeito João HenriqueA Comissão de Finanças, Orçamento e Fiscalização da Câmara Municipal de Salvador apresentará, nesta quarta-feira (3), requerimento para solicitar preferência para votação das contas do exercício financeiro da gestão do ex-prefeito João Henrique em 2012, e do projeto de Lei nº 210/2014 - que faz adequação no Plano Plurianual de Aplicações (PPA) 2014-2017. Ambos já foram apreciados pela Comissão e se encontram na ordem do dia na Casa desde o ano passado.

De acordo com o presidente do colegiado, vereador Claudio Tinoco (Democratas), a decisão foi tomada na reunião nesta terça-feira (2) com os vereadores Silvio Humberto (PSB) – vice-presidente –, Aladilce Souza (PCdoB), Alfredo Mangueira (PMDB), Euvaldo Jorge (PP), Geraldo Júnior (SD) e Isnard Araújo (PR). ”Ainda no encontro, apresentamos propostas de planejamento para o funcionamento da comissão neste ano, como a realização de audiências públicas para discutirmos com a sociedade a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO 2016), que acontecerão em maio e junho, além da Lei Orçamentária Anual (LOA 2016) em outubro e novembro”.

Segundo ainda o democrata, a Comissão de Finanças promoverá outras duas audiências públicas para apresentação do balanço fiscal do primeiro e segundo quadrimestres deste ano da Prefeitura de Salvador, que serão em maio e setembro, respectivamente. ”Também aprovamos a realização, no mês de maio, de um seminário para todos vereadores e assessores sobre orçamento público para auxiliar na elaboração das emendas parlamentares”, destacou Tinoco, que também é 2° vice-presidente da Câmara.